Chefe interina da ONU Meio Ambiente pede coragem dos países para lutar por um mundo sustentável

Em carta aos Estados-membros das Nações Unidas, a chefe interina da ONU Meio Ambiente, Joyce Msuya, afirma que já passou da hora de politicagens, pois o mundo precisa transformar compromissos em ações concretas contra as mudanças climáticas, a perda da biodiversidade e outros desafios ambientais.

Apelo à ação foi feito às vésperas da Quarta Assembleia das Nações Unidas para o Meio Ambiente (UNEA), que será realizada em Nairóbi, de 11 a 15 de março. Evento reunirá chefes de Estado, ministros do Meio Ambiente, pesquisadores, ativistas e representantes do setor privado.

faoimage1170x530cropped

 

A diretora-executiva interina da ONU Meio Ambiente, Joyce Msuya, emitiu um forte apelo à ação antes da Quarta Assembleia das Nações Unidas para o Meio Ambiente (UNEA), que será realizada em Nairóbi, de 11 a 15 de março.

“O tempo está se esgotando”, escreveu Msuya em carta aos Estados-membros das Nações Unidas. “Já se foi o tempo para promessas e politicagem. Já se foi o tempo de compromissos com pouca responsabilização. O que está em jogo é a vida e a sociedade como a maioria de nós conhece e usufrui.”

O pedido foi feito enquanto ministros do Meio Ambiente de todo o mundo se preparam para viajar para Nairóbi, onde participarão do mais importante fórum ambiental global. Questões como o fim do desperdício de alimentos, a difusão de carros elétricos e o combate à poluição plástica nos oceanos estão entre os principais temas das negociações que deverão ocorrer durante a Assembleia.

“É chegada a hora de realmente darmos forma às transformações que serão exigidas para sustentar a vida humana – transformações em nossos sistemas alimentares, sistemas energéticos, sistemas hídricos, sistemas econômicos – e, até mesmo, nossos sistemas de valores”, declarou Msuya.

A chefe da agência ambiental da ONU também definiu cinco pontos-chaves para começar a alavancar as mudanças de que o planeta precisa: circularidade, um novo acordo para a natureza (New Deal Verde), cidades, refrigeração limpa e energia renovável.

“Se conseguirmos impulsionar mudanças sistêmicas nessas áreas, então contribuiremos para tirar pessoas da pobreza e construiremos um mundo mais seguro, saudável e equitativo. Ao proteger o planeta — como já vimos em diversas ocasiões —, também estamos protegendo seus habitantes.”

Ao destacar soluções inovadoras, tema da Quarta Assembleia das Nações Unidas para o Meio Ambiente, Msuya chamou a atenção para as diversas oportunidades que podem ser encontradas na transição para um mundo mais sustentável.

“Algumas das soluções mais importantes para a crise climática – e para a perda da biodiversidade e tantos outros desafios – surgirão da inovação. E temos provas de que políticas bem elaboradas podem impulsionar a inovação e ajudar a difundir novas tecnologias cruciais em velocidade e escala que teriam parecido impossíveis há apenas uma geração”.

Msuya encerrou a carta com um apelo forte e direto aos Estados-membros da ONU, pedindo que eles compareçam à Assembleia com coragem e determinação para lutar por um futuro sustentável.

“Vamos trabalhar juntos para elaborar soluções com determinação, que transformem o nosso nível de ambição. Vamos nos esforçar por resoluções que exijam que todos nós – ONU Meio Ambiente, nossos Estados-membros, nossos parceiros na sociedade civil e no setor privado, cidadãos – possam realizar o tipo de mudanças que a humanidade requer para prosperar.”

Sobre a Assembleia das Nações Unidas para o Meio Ambiente

A Assembleia das Nações Unidas para o Meio Ambiente é o fórum global de mais alto nível para questões de meio ambiente e reúne, entre outros, chefes de Estado, ministros do Meio Ambiente, presidentes de multinacionais, ONGs e ativistas para discutir e firmar compromissos globais para a proteção ambiental.

A Assembleia é a melhor oportunidade do ano para monitorar os mais recentes avanços em ações e políticas ambientais, relatar novas histórias e entrevistar tomadores de decisão, pioneiros ambientais e aqueles cujas vidas estão ameaçadas caso não embarquemos em um novo caminho rumo ao consumo e à produção sustentáveis.

A Quarta Assembleia das Nações Unidas para o Meio Ambiente elegeu os temas soluções inovadoras para desafios ambientais e consumo e produção sustentáveis com o objetivo de inspirar nações, empresas e indivíduos a buscar #SoluçõesInovadoras e ter um olhar crítico sobre como produzem e consomem.

Para a agenda mais recente, participantes e eventos, acesse:
www.unenvironment.org/environmentassembly
www.solvedifferent.eco

Para informações, entrevistas e detalhes de credenciamento, contate:
Flora Pereira, Gerente de Comunicação e Informação Pública da ONU Meio Ambiente no Brasil, florapereira.dasilva@un.org

Fonte: ONUBR

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s