Iniciativas globais abrem caminho para educação ambiental de jovens

Foto: Natalie Kyriacou

Foto: Natalie Kyriacou

Em setembro de 2018, o secretário-geral da ONU, António Guterres, lançou a Estratégia da Juventude da ONU, que visa envolver 1,8 bilhão de jovens na condução de esforços globais para promover um mundo pacífico, justo e sustentável.

A juventude de hoje é a formadora de opinião e a tomadora de decisão do futuro. A saúde futura do planeta está com ela. É por isso que é tão importante envolvê-la em questões ambientais no início de suas vidas.

A inovadora em educação Natalie Kyriacou, da Austrália, está fazendo exatamente isso. Ela desenvolveu o Kids’ Corner, uma sala de aula digital que inspira crianças e educadores a participar da vida selvagem, da conservação ambiental e das ciências por meio de uma série de tecnologias de aprendizado, jogos e programas adotados no currículo.

O Kids’ Corner oferece programas ambientais baseados em workshops, vídeos de animação, folhetos informativos, infográficos, material de leitura, anotações dos professores, jogos e atividades em casa.

Ele oferece às crianças uma maneira divertida e criativa de aprender sobre a vida selvagem e o meio ambiente, além de detalhar questões complexas por meio de conceitos fáceis, divertidos, positivos e acionáveis ​​que podem ser usados ​​em qualquer ambiente. O Kids’ Corner é dedicado à aprendizagem inclusiva e atualmente está disponível online com mais recursos sendo distribuídos em bibliotecas, escolas e hospitais nos próximos 12 meses.

“Nossos programas atingiram mais de 50 mil jovens em Austrália, Estados Unidos, Reino Unido e China”, diz Kyriacou. “Nosso objetivo é impactar 1 milhão de jovens em todo o mundo até 2021 através do Kids’ Corner, que acreditamos que levará a uma mudança comportamental positiva e mensurável em relação ao meio ambiente”.

Kyriacou também desenvolveu um aplicativo de jogos para dispositivos móveis chamado World of the Wild, que incentiva os jovens a construir seu próprio mundo e participar de cenários virtuais de conservação.

KidsCorner3-NatalieKyriacou

Natalie Kyriacou, fundadora da Meu Mundo Verde. Foto: Natalie Kyriacou

“É fundamental que trabalhemos com a vida selvagem e os recursos de educação ambiental para preparar a juventude de hoje com o conhecimento para enfrentar os desafios que irão definir sua geração”, diz ela.

“Eu lancei minha organização, Meu Mundo Verde, e embarquei nesta jornada porque senti que, como cidadã global, era minha responsabilidade (e meu privilégio) desempenhar um papel ativo em moldar positivamente o futuro do planeta. Para mim, a educação é a ferramenta mais capacitadora e eficaz para enfrentar os maiores desafios do mundo”, diz ela.

A Wastebuster, com sede no Reino Unido, é outra inovadora em educação ambiental. Desde o início de 2018, firmou parceria com a ONU Meio Ambiente para promover mensagens ambientais. A Wastebuster está promovendo a campanha Mares Limpos da ONU.

“Na Wastebuster, pretendemos capturar a imaginação das crianças e dar vida à educação usando o poder do entretenimento para a mudança social, com personagens convincentes, o poder da história e recursos de ensino em vídeo”, diz a diretora da Wastebuster, Katy Newnham.

“Queremos que os jovens tirem seu aprendizado da sala de aula e o coloquem em sua casa, comunidade e no mundo em geral.”

“Em cerca de 12 anos desde quando começamos, nossa visão foi ativar uma parceria global de educação para o desenvolvimento sustentável para reunir partes interessadas entre diferentes setores para compartilhar conhecimento, tecnologia e recursos para melhorar a coordenação da educação para o desenvolvimento sustentável, globalmente. A parceria irá lançar a campanha em 76 países, representando uma rede combinada de mais de 250 mil escolas e 56 milhões de jovens em todo o mundo.”

“Nossas metas estão alinhadas com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU e estamos trabalhando com os jovens para que suas vozes sejam ouvidas. Nunca foi tão importante fornecer aos jovens as ferramentas e a mentalidade para trabalhar juntos em prol de um futuro mais sustentável. Juntos, podemos fazer isso e continuamos a chamar nossos parceiros existentes e novos em todo o mundo para nos ajudar a garantir que isso aconteça”, diz Newnham.

“Neste momento, estamos vivendo além da linha de resíduos do planeta”, diz Sam Barratt, especialista em educação ambiental da ONU Meio Ambiente.

“Precisamos reposicionar a maneira como vivemos e trabalhamos com jovens em todo o mundo. Grupos como Wastebuster e Meu Mundo Verde são ótimos exemplos do que é possível. Precisamos rapidamente ampliar isso e trabalhar com jovens em todos os níveis do sistema educacional, se quisermos reformular o mundo que temos, para o que queremos.”

Fonte: ONU BR

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s