Fórum discute Objetivos do Desenvolvimento Sustentável em Curitiba

(Foto: Divulgação / Assessoria de Imprensa) - Fórum discute Objetivos do Desenvolvimento Sustentável em Curitiba
(Foto: Divulgação / Assessoria de Imprensa)

Em agosto de 2015 foram concluídas as negociações da Agenda 2030, conjunto de diretrizes que orientam o dia a dia da Organização das Nações Unidas e seus países signatários. O documento propõe 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) e 169 metas correspondentes, e sua implementação ocorrerá até 2030.

Países desenvolvidos e não desenvolvidos têm muito a evoluir no universo da sustentabilidade, que envolve as esferas social, econômica e o ambiental. Apesar de reconhecer esta necessidade, o Brasil ainda é incipiente na discussão e na implementação no setor privado, um grande impulsionador da agenda.

A ONU segue estimulando governos e empresas, e em março deste ano autoridades e especialistas realizaram o “Acordo de Escazú”, na Costa Rica, o primeiro de âmbito regional vinculante para proteger os direitos de acesso à informação, à participação pública e o acesso à Justiça em assuntos ambientais (que representa o princípio 10 da Declaração do Rio de Janeiro sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento). Todos os países da América Latina e Caribe o ratificarão em setembro, quando o documento estará aberto a assinaturas das delegações participantes da Assembleia Geral da ONU, em Nova Iorque.

Para Renata Welinski Seabra, fundadora da Responsible Business, consultoria especializada na Agenda 2030/ODS e mestranda em Direito Internacional, o acordo é importante para o setor privado. “Todos os empreendimentos de impacto ambiental significativo deverão ser muito transparentes sobre suas informações e ouvir as partes interessadas. Além disso, esta é a primeira vez que os ambientalistas serão protegidos. O Brasil, campeão no assassinato de ambientalistas, população indígena e local quando se trata de meio ambiente, poderá ver a transformação”, explica.

Renata Welinski Seabra (Foto: Divulgação / Assessoria de Imprensa)Renata Welinski Seabra (Foto: Divulgação / Assessoria de Imprensa)

Renata apresentará a palestra de abertura do 7º Fórum Sustentabilidade e Governança, que será realizado em Curitiba, dias 21 e 22 de agosto. O evento, promovido pela STCP Engenharia de Projetos em parceria com a Milano Consultoria e Planejamento, apresenta a temática “Estratégias que impactam negócios e norteiam o amanhã”, e reunirá gestores e decisores para uma programação intensa de conteúdo.

“Levarei cases internacionais sobre como as empresas estão atuando na responsabilidade corporativa, e como se preocupam com sua cadeia de valor. As instituições, trabalhando a agenda da ONU, geram oportunidades de negócios, e esta discussão deve iniciar com o alto escalão da empresa”, comenta Renata.

Realizadores

A STCP Engenharia de Projetos, empresa de consultoria, engenharia e gerenciamento fundada há 37 anos, é pioneira no Brasil em atuar de forma integrada e eficiente em diferentes áreas relacionadas ao meio ambiente, desenvolvimento regional, infraestrutura, florestas e desenvolvimento sustentável.

Milano Consultoria e Planejamento é uma empresa de consultoria voltada exclusivamente para projetos estratégicos nos campos da sustentabilidade, da responsabilidade social corporativa e investimento social privado, com geração de conhecimento e conteúdo pela inovação.

Palestras e Cases

Entre os confirmados para os painéis e debates estão o diretor do Observatório do Clima Claudio Angelo; o diretor da Forest Trends Peru Fernando Momiy; a presidente executiva da Natural Cotton Color Francisca Vieira; o publicitário e autor Eloi Zanetti; o professor da FGV Arthur Igreja; o gerente nacional de Sustentabilidade e Responsabilidade Socioambiental da Caixa Gustavo Ribeiro; o diretor presidente do Banco JP Morgan Brasil José Berenguer; o diretor-presidente do BRDE Orlando Pessuti; o gerente de Desenvolvimento do Cooperativismo do SICREDI/PR/SP/RJ André Assis; o diretor de Novas Energias da WEG João Paulo Gualberto da Silva; o diretor presidente da Copel Jonel Iurk; a consultora especializada em ODS/ONU Renata Seabra; o gerente de planejamento e gestão para a Sustentabilidade da Vale Rodrigo Lauria; a diretora de Meio Ambiente e Ação Social da Sanepar Fabiana Campos; o diretor superintendente da Itaipu Jorge Augusto Callado Afonso, além dos anfitriões Ivan Tomaselli, Joésio D. P. Siqueira da STCP e Miguel Milano.

Serviço

Fórum Sustentabilidade e Governança

21 e 22 de agosto

Auditório da FAE – Curitiba/PR

Inscrições: www.sustentabilidadegovernanca.com.br

E-mail: forum@stcp.com.br

Mais informações:(41) 3079-2718 / 3079-2719

 

Fonte: MASSA NEWS 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s