Ampliação do Índice de Desempenho Ambiental e Convenção de Água de Lastro são temas do Ecobrasil 2017

A ampliação do Índice de Desempenho Ambiental (IDA) da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) é tema de painel do Ecobrasil 2017 – 13º Seminário Nacional sobre Indústria Marítima e Meio Ambiente, que será realizado no Rio de Janeiro nos dias 4 e 5 de maio.

Os Terminais Privados (TUP) e arrendatários de terminais nos portos públicos passam a integrar o sistema desenvolvido pela Antaq para avaliar o grau de desenvolvimento ambiental, até então exclusivamente para os portos públicos.

O evento abordará ainda a entrada em vigor da Convenção Internacional para Controle e Gerenciamento da Água de Lastro e Sedimentos em 2017, tema de painel no segundo dia do Ecobrasil.

O tradicional seminário organizado pela revista Portos e Navios contará este ano com as participações da Antaq, Marinha do Brasil, Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Porto Itapoá, Total E&P do Brasil, CearáPortos, Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), Instituto Brasileiro de Biodiversidade (BrBio), Ministério do Meio Ambiente, Ramboll Environ e Master Consultores, IRB Brasil RE e Saes Advogados. O Ecobrasil 2017 tem os patrocínios Diamante da Oceanpact, Consulado dos Países Baixos, Hidroclean, Umi San, Conselho Nacional de Praticagem (Conapra), patrocínio Platina da Nortek e patrocínio Coffee Break da CPEA.

Temário

4 de maio de 2017

8h às 8h30 – Inscrições e café de boas-vindas

8h30 às 8h40 – Abertura

Painel 1 – Ampliação do Índice de Desempenho Ambiental (IDA) para TUPs e arrendatários

8h40 às 9h20 – Palestrante: Marcos Maia Porto – Gerente de Meio Ambiente da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq)

9h20 às 10h – Palestrante: Christiano Pereira – Supervisor de Segurança do Trabalho e Meio Ambiente do Porto Itapoá

10h às 10h30 – Debates

10h30 às 11h10 – Palestra – Riscos climáticos, ambientais e catastróficos. Palestrante: Daniel Curi – Advogado – IRB

11h10 às 11h30 – Debates

11h30 às 12h – Palestra Institucional – Gestão de Resíduos – Manual de boas práticas em gestão de resíduos para bases de apoio logístico – A expectativa da Industria de Óleo e Gás. Palestrantes: Pedro Perez / Patricia Meg – Oceanpact

12h às 13h – Almoço

13h às 13h40 – Palestra – Mapeamento Ambiental para Resposta a Emergência no Mar – Marem. Palestrante: Josimar Moreira – Gerente de HSE e Coordenador de Resposta a Emergência da Total E&P do Brasil

13h40 às 14h – Debates

14h às 14h40 – Palestra – Licenciamento de Instalações Portuárias. Palestrante: Gabriel Magnino – Coordenador de Portos, Aeroportos e Hidrovias do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama)

14h40 às 15h – Debates

15h às 15h30 – Café

15h30 às 16h – Palestra institucional – Consulado Geral dos Países Baixos. Palestrante: Laurens Steen, Representante no Brasil da TNO

16h às 16h40 – Palestra – Gestão Ambiental Portuária. Palestrante: Beatriz Canamary – Diretora de Implantação e Expansão da CearáPortos

16h40 às 17h – Debates

17h às 17h40 – Palestra – Obras de Infraestrutura de Hidrovias e o Meio Ambiente. Palestrante: Erick Medeiros – Diretor de Infraestrutura Aquaviária do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT)

17h40 às 18h – Debates

18h – Encerramento

5 de maio de 2017

8h10 às 8h40 – Café de boas-vindas

Painel 2 – Entrada em Vigor da Convenção Internacional para Controle e Gerenciamento da Água de Lastro e Sedimentos: Situação Atual

8h40 às 9h20 – Palestrante: Contra-Almirante (RM1) Rodolfo Henrique de Saboia – Superintendente de Meio Ambiente da Diretoria de Portos e Costas (DPC)

9h20 às 10h – Palestrante: Marcos Saes – sócio do escritório Saes Advogados

10h às 10h30 – Debates

10h30 às 11h10 – Palestra – Bioinvasão do coral-sol no Brasil. Palestrante: Andrea Junqueira – Instituto Brasileiro de Biodiversidade – BrBio

11h10 às 11h30 – Debates

11h30 às 12h – Palestra institucional – A obrigatoriedade de cercos preventivos no Porto de Santos e o sucesso no controle de vazamentos. Palestrante: Pedro Santos – Oceanógrafo e Consultor Ambiental na Hidroclean

12h às 13h – Almoço

13h às 13h40 – Palestra – Revisão da Conama 398/08. Palestrante: Robson Calixto – oceanógrafo e analista do Ministério do Meio Ambiente

13h40 às 14h – Debates

14h às 14h40 – Palestra institucional – Umi San. Palestrantes: Diego Venturini e Linda Suzana Brand – Diretores da Umi San

14h40 às 15h10 – Café

15h10 às 15h50 – Palestra – As Instalações Portuárias e a Adaptação às Mudanças Climáticas. Palestrante: Eugenio Singer – Diretor da Ramboll Environ

15h40 às 16h – Debates

16h às 16h30 – Palestra institucional – A contribuição da Praticagem do Brasil na prevenção da poluição do ambiente hídrico. Palestrante: Gustavo Henrique Alves Martins – Presidente do Conselho Nacional de Praticagem (Conapra)

16h30 às 17h10 – Palestra – A Contabilidade Ambiental e seus Relatórios – Benefícios à Gestão Portuária. Palestrante: Nilton de Araujo – Diretor da Master Consultores

17h10 às 17h30 – Debates

17h30 – Encerramento

Informações sobre participação pelo site portosenavios.com.br/ecobrasil.

Fonte: Portos e Navios

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s